sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Uma grávida insuportável: eu! :)

Há quem goste muito de estar no quentinho! E aqui a mamã que se lixe, que já desespera de cansaço, de falta de posição para tudo (até lavar a louça me custa). Agora parece que as costelas estão a achatar os pulmões, um horror. Já lhe disse que cá fora também se está bem e que está muito grande para estar num espaço tão pequenino...nada! Não quer saber. Sei que estou com 39 semanas e que ainda posso esperar mais 2 mas está difícil. Agora entendo as mães que diziam que por esta altura já era saturante.
Já clamo pelas dores (sei que no momento me vou arrepender). As contracções continuam, mas na 2ª feira o colo continuava fechado e posterior. Dizem-me para andar...andem vocês - respondo eu! Até me sinto mal, parece que estou preguiçosa, mas de facto não consigo, cada passo que dou sinto uma forte pressão na bexiga, uma coisa que horrorosa, umas dores de costas terríveis e passado 10min tenho de me sentar. Lanço olhares fulminantes a quem quer que seja que mexa com os meus nervos (basta ser alguém no meio da rua que não se desvia), estou capaz de bater em toda a gente e claro: EU TENHO TODA A RAZÃO!

Meu amor: nasce, a mamã deixa :)

3 comentários:

liliana disse...

Essa do olhar fulminante fez-me sorrir... Eu sou igual, mas nem tenho saído de casa. Por isso, nem sei o que isso é. Só mesmo nos transportes públicos! A casa de banho passou a ser a 2a divisão da casa, onde passo mais tempo.

Beijinhos
(Estamos quase... quase...)

Sofia,Pedro e Joana disse...

Olá mamã, estás mesmo quase, eu penso que é uma questão de pouquinhos dias mesmo!Vá, falta pouco...e nada de olhares fulminantes, eheheh!
Beijinhos,Sofia,Pedro e Joana

klaudinha disse...

Recta final... e será que já há novidades????

beijocas